Comentários e opiniões sobre a actualidade nacional e internacional, económica e não só.

Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008
A bofetada de luva branca de Obama

A eleição de Obama foi uma bofetada de luva branca para a extrema-direita que depois de chocada por saber que entre os "puros" também existe alcool, homosexualidade, prostituição, droga e tudo o resto que existe onde existem pessoas, agora vêm um "não-branco" ser eleito presidente dos EUA.

 

Também para a extrema-esquerda (PCP e BE) a vitória de Obama o foi, ao demonstrar a superioridade moral e não só da democracia americana em particular e das democracias em geral em relação às mesquinhas ditaduras opressivas que ainda agora defendem, mesmo por detrás da grande fraude que é dizerem-se "defensores da democracia". A vitória de Obama também é uma derrota da extrema-esquerda dado que com MacCain tinham sempre alguém que atacar ou desculpar as asneiras próprias. Por exemplo, que desculpas haverá para a miséria em Cuba quando o "bloqueio" (entre aspas dado que muitos estados dos próprios EUA já comercializam com Cuba) for oficialmente terminado ?

 

Os que pensam que com Obama os EUA se vão tornar "socialistas" (no sentido da extrema-esquerda) lembrem-se que Obama para aplicar o que promete precisa de manter bem viva a economia de mercado que gera a riqueza de onde pode recolher impostos, pelo que nem chegará aos níveis da social-democracia na Europa em termos de intervenção governamental, aplicando apenas as correcções pontuais que sempre foram necessárias nos países onde a liberdade económica implica por vezes o surgir de crises económico-financeiras pontuais e cujo impacto no médio e longo prazo é praticamente nulo.

 

Mas o choque maior será quando verificarem que Obama no fundo defenderá naturalmente em 1º lugar os interesses dos EUA em termos economicos, políticos, militares.

 

Espera-se que não seja um fraco como Carter.


tags: ,

publicado por HomoEconomicus às 16:15
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 13 de Agosto de 2007
"Silly Season" e a Coreia do Norte
Li na revista Sábado algo que só pode estar ligado à "silly season" ...

Ou a uma fé dogmática surrealista ...

Parece que uma senhora da JCP, Inês Zuber, veio com umas pérolas engraçadas, nomeadamente :

. "A Coreia do Norte é um país extremamente organizado"...

Claro que é como qualquer ditadura. Se a visitarem garanto que a todo o momento as autoridades sabem onde estão. E não se atrevam a pisar a sombra das estátuas dos líderes.

. "... embora existam diferenças na prática e projecto de sociedade entre o PCP e o Partido do Trabalho da Coreia, ambos afirmam ter como objectivo a construção de uma sociedade socialista".

Felizmente que há diferenças, foi a escapatória da "camarada". É que está PROVADO que APENAS a nomenclatura (classes dirigentes, familiares e amigos) da Coreia do Norte vive como os capitalistas que tanto odeiam. A maioria da população chega a ter que comer erva (literalmente) para não morrer à fome.

E está também PROVADO que o grande líder e seus seguidores utilizam a falsificação de dólares, tráfico de armas, tráfico de droga e prostituição para obterem fundos para manterem uma vida saudavelmente capitalista e satisfazerem os instintos belicistas que custam dinheiro.

Diz mais a "camarada" da JCP :

."O que as classes dominantes querem fazer é roubar-nos a perspectiva e a confiança na vitória, dividir as forças anti-imperialistas e enfraquecer a solidariedade internacionalista. E isso os comunistas jamais aceitarão",

Como é possível dizer tudo isto de cara séria ou sem se parecer hipócrita ?

É que a única solidariedade que a Coreia do Norte tem tido é dos imperialistas EUA e Coreia do Sul através do envio de produtos alimentares para procurar mitigar a fome na "socialista" Coreia do Norte.

Já nem falo na comparação entre o nível de vida das duas Coreias, indo mesmo buscar os mais pobres dos pobres da Coreia do Sul.

Entretanto a "socialista" Cuba, com Fidel a sair aos poucos do poder, começa a pragmatizar-se. As importações de produtos alimentares dos imperialistas EUA aumentam a cada ano.

O irmão de Fidel prepara-se para uma nova era, abrindo negociações com os EUA mal Fidel saia de cena.

Quem quer conhecer "Jurassic Cuba" aproveite agora. Daqui a uns anos será uma nova Flórida e aposto que os cubanos vão gostar....


publicado por HomoEconomicus às 16:21
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

A bofetada de luva branca...

"Silly Season" e a Coreia...

arquivos

Novembro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds