Comentários e opiniões sobre a actualidade nacional e internacional, económica e não só.

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2008
Por cá e por lá depois das férias

Depois de alguma ausência está na altura de comentar algumas das coisas que têm acontecido neste mundo em geral e no nosso Portugal em particular.

 

Por lá ...

Depois de cair na armadilha do urso russo, intervindo na Osséssia do Sul contra os separatistas de uma forma mais musculada, os georgianos viram os russos fazerem o que sempre quiseram, invadirem a Geórgia.

 

Quais os objectivos dos russos com esta invasão ? Para lá de quererem tentar recriar o antigo império soviético cuja desintegração foi o maior erro do séc. XX segundo Putin, querem ter a exclusividade do fornecimento de petróleo e gás natural à Europa, tornando-a completamente dependente a partir daí dos desejos russos. A Geórgia tem já e vai ter mais pipelines que limitam essa exclusividade de fornecimento.

 

O maior problema que a Europa e o Mundo têm com os russos é que actualmente temos uma Rússia em que a adopção pela economia de mercado e as vendas energéticas permitiram criar muito mais riqueza que no regime soviético e que poderá ser canalizada para fins militares, a par de uns tiques imperialistas soviéticos.

 

Patético é verificar a simpatia dos comunistas portugueses pelos avanços russos. Esquecem que a Rússia actual não tem nada a ver em termos de regime sócio-económico com o socialismo ou comunismo da ex-URSS, fazendo o seu capitalismo os EUA parecerem um Estado social. Mas coitados, na falta de melhores notícias.


Por cá

 

Criminalidade

Este aumento de criminalidade cria a necessidade de fortes medidas de contenção. A maior criminalização do uso de armas e o reforço dos meios e processos das autoridades é um primeiro passo mas provavelmente terá que ser reforçado para evitar que a extrema-direita venha captar os votos dos mais receosos que esperam milagres.

 

Verifica-se também que muitos dos criminosos são "repetentes" e mesmo depois de presos voltam à criminalidade mal são libertos.

 

Nos EUA a partir de 3 detenções por criminalidade, a quarta detenção leva a prisão perpétua por se considerar que o delinquente "não tem cura". Cá isso será impossível mas talvez um agravamento de penas o permita afastar da sociedade como se deseja, dado que se tornou um perigo para a mesma.

 

Tribunais

Curiosamente poucos contestaram a notícia e editorial do Expresso que refere o facto de os juízes estarem a aplicar pouco a prisão preventiva porque "não querem", libertando delinquentes que poucas horas depois voltam a praticar actos criminosos.

 

Parece que tudo como forma de "vingança" sobre o Governo por cortes nas suas benesses e privilégios, que eram insustentáveis sem aumento de impostos dos portugueses e que impedem mesmo a diminuição dos mesmos.

 

Na minha opinião qualquer profissional de qualquer classe que é remunerada pelo erário público e usa a sua posição para chantagear o Estado e no fundo os portugueses, para manter ou aumentar as suas benesses e privilégios, deve ser expulso da profissão e sempre que tal se justifique, responsabilizado judicialmente.

 

CGTP

A CGTP só nos apresenta surpresas. Depois de se saber que também utiliza recibos verdes nas condições que tanto critica aos outros, agora sabe-se que cobra 10% das indemnizações recebidas pelos trabalhadores nos despedimentos colectivos.

 

Ou seja, para terem mais receitas é do seu interesse que haja mais conflito social, mais encerramento de empresas o que a beneficia financeiramente e beneficia politicamente o PCP.

 

Por outro lado o sindicato comunista dos professores vem sugerir a "solução" para o excesso de professores. Para eles "basta" diminuir o número de turmas por professor... E já agora o número de alunos por turma. Nós já temos um dos melhores rácios da OCDE entre número de professores e número de alunos mas nada como aplicar as sugestões do sindicato para criar empregos artificiais à custa dos impostos dos portugueses...

 

É bom que quem tire cursos com o objectivo de ser professor tenha em consideração que, tal como em todas as outras profissões, o emprego não é garantido.

 

 

 

 




publicado por HomoEconomicus às 10:05
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 24 de Abril de 2008
Perseguição política ou criminalidade
A extrema-direita encontra-se em tribunal. Um dos argumentos da defesa é que estão em tribunal por razões políticas.

Na verdade estamos a falar de acusações de mera criminalidade comum.

"Com efeito, os 36 arguidos são acusados de detenção de arma proibida, ofensas à integridade física, ameaça, dano, introdução em local vedado ao público, instigação pública ao crime, coacção e sequestro, mas também da prática de crimes de discriminação racial e instigação ao ódio racial." in Correio da Manhã

Os 2 últimos crimes até podiam no âmbito da argumentação anormal da defesa "invocar" o direito à liberdade de expressão ou parvoíces semelhantes. Mas o resto são pura e simplesmente crimes.

E os camaradas russos vão no mesmo caminho. Basta ler o que apareceu no Diário Digital.

"Rússia: Skinheads mataram ou feriram 40 pessoas em 3 meses
Igor Sundiev, chefe do Instituto de Investigação do Ministério do Interior da Rússia, anunciou hoje que cerca de 20 pessoas foram detidas, em Moscovo e arredores, este ano, por terem participado em ataques racistas.

«Entre Dezembro e Março, cabeças rapadas, em Moscovo e nos arredores, mataram ou feriram gravemente 40 pessoas», precisou ele numa conferência de imprensa, realizada na capital russa.

Alexandre Brod, director do Gabinete para os Direitos do Homem de Moscovo, diz que esse número é de 49 pessoas.

Igor Sundiev afirmou que os cabeças rapadas realizam as suas acções através de concentrações repentinas: «Por exemplo, combinam encontrar-se na estação de metro Akademitcheskaia e avançar até determinado lugar. Espacam ou matam à facada a primeira pessoa não eslava que encontram e dispersam. Os participantes do ataque nem sequer se conhecem uns aos outros». "

Palavras para quê ?


publicado por HomoEconomicus às 18:12
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 12 de Outubro de 2007
As últimas da criminalidade e da economia
Criminalidade

Nos últimos dias têm-se verificado vários sucessos no âmbito do combate à criminalidade, nomeadamente a captura de vários gangues.

Estranhamente aqueles que gostam muito de levantar o "papão" da criminalidade andam muito caladinhos. Porque será ?

Porque o "papão" da criminalidade é apenas arma de arremesso para atacar os imigrantes.

E o que se tem verificado é que afinal a onda recente de criminalidade é na esmagadora maioria da autoria de portugas e branquinhos.

Azar ...

Relacionado com a criminalidade vem o PNR/FN pedir a libertação dos seus militantes presos. E justificam considerando que os detidos são "presos políticos".

E isto porquê ?

Porque para estas ideologias ameaçar, agredir ou assassinar imigrantes ou portugueses  que não sejam da cor ou religião que agrada a estas ideologias, não é crime. Então na lógica deles é "delito de opinião".

Só que tal é crime em Portugal e em qualquer Estado que naturalmente persiga sociopatas.

Será delito de opinião "ofensa à integridade física qualificada" ? Não, é crime. Também é crime estar na posse de armas sem licença.

Assim como é crime ameaçar de morte magistrados por exemplo.


Economia

O Orçamento de Estado de 2008 parece indicar o bom caminho da situação económica portuguesa, e assim como o Governo actual procurou melhorar o deixado pelo governo de Durão, concerteza se espera que o próximo aprofunde as reformas que levarão Portugal a uma situação económica mais saudável.

É essa a opinião dos economistas portugueses mais reputados e das organizações internacionais europeias e mundiais.

Infelizmente tal é feito com o sacrifício de muitos, porque muitos exageros existiram nos anos anteriores fazendo-nos ficar a viver acima das nossas possibilidades.

Mas teria que ser feito mais cedo ou mais tarde.

Claro que a extrema-esquerda discorda. Para o PCP/BE seria mais Estado e mais Estado, mais défice e mais défice que depois logo se via quem pagava desde que houvesse benesse a todos.

Seria viver sempre acima das possibilidades num Pais das Maravilhas.

Estranho é que o que eles recomendam nunca foi feito nos governos comunistas do ex-Bloco de Leste ou nas poucas ditaduras comunistas ainda existentes.

Como dizia Marx :

"De cada um segundo as suas capacidades; a cada um de acordo com o seu trabalho."

Estamos a falar de contratos individuais de trabalho que os comunistas tanto abominam porque tiram o poder aos seus sindicatos.



publicado por HomoEconomicus às 19:17
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 10 de Setembro de 2007
Criminalidade na actualidade
Várias notícias têm vindo sobre criminalidade em Portugal e lá fora.

Em Portugal, a onda de assaltos a bancos e caixas multibanco mais o recente assalto ao ouro em Viana do Castelo ofuscaram quaisquer estatísticas sobre a baixa do crime violento no primeiro semestre.

Ficou demonstrado que têm que ser dados mais meios às autoridades, aumentada a sua presença no terreno e autorizada a utilização de todos os meios contra criminosos que fazem o mesmo.

Também se viu um ministro cuja imagem não é a de uma maior firmeza que se esperava nesta altura.

-----------------
Entretanto os McCann decidiram voltar ao seu país. Sobre isto, 3 coisas.
. Até prova em contrário são inocentes. Gostamos muito do "bestial a besta";
. A sua saída nada tem de extraordinário. Um casal português nas mesmas circunstâncias faria o mesmo;
. Se se confirmarem as pistas e provas que têm vindo a lume, eles mais cedo ou mais tarde serão punidos pela justiça. E mesmo que surja um novo caso "O J Simpson", terão o resto da vida negra como convém aos culpados. Alguém dúvida disso ? Lembrem-se dos largos milhões que vão-se sentir ludibriados pela campanha pela Maddie. Incluindo o Papa.

------------------
Em Israel foram detidos neo-nazis (!).
Grupos de criminosos neo-nazis, de origem russa, divertiam-se a atacar pessoas, naturalmente com a superioridade numérica do costume, e ... estando em Israel ... a colocar cruzes suásticas nas sinagogas.

Foram apanhados, tenhamos pena deles. Em Israel o tratamento esperado para quem eles consideram muito piores que criminosos de delito comum, mesmo não sendo mais do que criminosos de delito comum sob a capa de uma pseudo-ideologia do século passado, deve ser exemplar.

Fica também demonstrado mais uma vez como fácilmente se salta entre as duas extremas políticas.


publicado por HomoEconomicus às 18:30
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 26 de Abril de 2007
Criminalidade da extrema-esquerda
Assistiu-se no 25 de Abril a uma acção de criminalidade por parte desta vez da extrema-esquerda.

Uma manifestação ilegal no Chiado com actos de vandalismo, partir de montras e roubos, pintura de grafittis, arremesso de pedras e "very-light" e preparação de "cocktails molotov".

Não foi um acto político. Foi um acto criminoso por parte de delinquentes de delito comum.

Estes delinquentes tal como os gémeos do outro extremo, procuram nestas acções resposta à sua incapacidade de inserção na sociedade por limitações de ordem pessoal, académica, profissional  e psicológica.

Devem ser tratados como criminosos, como o devem ser os gémeos desavindos de ambas as extremas que cometam acções criminosas.

Porque são todos iguais...

Ambas as extremas são contra a globalização, capitalismo, UE, democracia, Estados Unidos, Israel e ambos simpatizam com o fundamentalismo islâmico mesmo que este os queiram inicinerar com a mesma vontade que quer incinerar todos os ocidentais.

O que os "diferencia" ? Uns querem todos os imigrantes, os outros nenhum. E pouco mais ...

E se largassemos todos estes extremistas nas Ilhas Selvagens e eles que lá resolvessem as suas desavenças e nos deixassem em paz ?



publicado por HomoEconomicus às 20:15
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

Por cá e por lá depois da...

Perseguição política ou c...

As últimas da criminalida...

Criminalidade na actualid...

Criminalidade da extrema-...

arquivos

Novembro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds