Comentários e opiniões sobre a actualidade nacional e internacional, económica e não só.
Terça-feira, 9 de Outubro de 2007
Cada um tem os ídolos que merece
Quando se vê novos e velhos com a camisola de Che Guevara, numa profissão de fé por parte de ateus, tem-se pena.

E porquê ?

"Como médico, nunca exerceu a profissão. Como ministro e embaixador, não conseguiu o que queria. Como guerrilheiro, foi eficiente apenas a matar por causas sem futuro", disse à revista brasileira Veja o historiador cubano Jaime Suchlicki."
in DN

Foi também um mau ministro do governo inicial de Fidel Castro como se sabe.

O que fazia "bem" ? Comandar pelotões de fuzilamento ou assassinar ele próprio os que eram contra a "revolução" (e aqui não falo em situações de guerra nem guerrilha).

Claro que para os que o defendem, assassinar em nome de uma causa até é elogiável. Desde que seja a sua cor a fazê-lo, claro.

Felizmente os que o idolatram não puderam chegar ao poder em Portugal. Porque se o tivessem conseguido apenas fariam bem o que Che soube fazer "bem"... Assassinar os que discordassem.

Alguém dúvida ? Nem os próprios.


publicado por HomoEconomicus às 22:15
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

A bofetada de luva branca...

Por cá e por lá depois da...

A verdade dos factos

Facilitismos

O Tratado de Lisboa. O Te...

Racismos, xenofobias e ou...

Os combustíveis e a demag...

O Estado da Economia

Por cá e por lá, felizmen...

Justiça Desportiva

arquivos

Novembro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds