Comentários e opiniões sobre a actualidade nacional e internacional, económica e não só.
Domingo, 28 de Outubro de 2007
Sobre a Educação ... e o Referendo
A Educação últimamente é só mais pregos para o caixão. Basta ver o que se tem passado.


Faltas à aula
A medida recente do Governo/bancada socialista parece querer aumentar o facilitismo. Os alunos podem "baldar-se" com poucas ou nenhumas consequências. Tal também foi a medida de um governo de Cavaco com maus resultados. E depois parece existir uma "prova adicional" aos "baldas" que aparentemente poucas ou nenhumas consequências terá.

Um "regabofe".

Se as desigualdades em Portugal aumentam porque uns estudam e têm sucesso e outros "baldam-se"  e vêm por por aí abaixo, não é papel do Estado nem dos portugueses que trabalham ir ajudar os "coitadinhos" dos "baldas". Cada um assuma o seu destino com base no que trabalha (ou não) para ele.


O ensino da Matemática
Nuno Crato, presidente da Sociedade de Matemática e autor entre outros do livro "Eduquês" que desmascara a idiotice pseudo-pedagógica do nosso ensino, agora desmascara ao Expresso as novas "metodologias" do ensino da matemática que uns pedagogos idiotas e adeptos do facilitismo querem implementar.

Na prática as novas formas do ensino das "contas" aos jovens portugueses não são muito diferentes das utilizadas para ensinar primatas (chimpanzés por exemplo), golfinhos ou focas amestradas.

Será que os proponentes também pouco mais sabem de matemática que o que pretendem impor como "método de ensino" ?

Acredito que sim.


Avaliação dos professores
Finalmente sairam as regras de avaliação de profs. Curioso ver uma tal "Associação Nacional de Professores" vir considerar de subjectiva a nova forma de avaliação mas por outro lado considerar haver falta de mais componente qualitativa nessa avaliação.

Como se a componente qualitativa fosse muito ... objectiva.

Bastava juntar-se avaliação qualitativa à inexistência de  quotas de  subida na carreira para se voltar  à "mama" de antigamente. TODOS subiriam na carreira e os portugas que pagassem com os seus impostos.

E os resultados continuariam a ser a desgraça que são actualmente sem ninguém ser responsável, claro.



E agora sobre a Europa ...

Referendo ao Tratado de Lisboa
No Expresso de sábado veio uma das melhores sugestões sobre o fazer ou não fazer o referendo ao Tratado de Lisboa.

O referendo não será mais que uma forma para comunistas, trotskistas e nacional-socialistas mais alguma esquerda folclórica e políticos que sobrevivem apenas por serem "irreverentes", terem tempo de antena para falarem de tudo menos do próprio Tratado, como acontece sempre.

A lenga-lenga iria toda ser em torno das "políticas do Governo" e pouco mais. Ou seja, a aldrabice do costume.

Está na altura de todos assumirem o que defendem.

A questão não deve ser sobre o Tratado. Deve ser pura e simplesmente :

"Deve Portugal sair da UE" ?

Porque no fundo era isso que comunistas e nacional-socialistas fariam caso alguma vez mandassem no país. Sair da UE para impor a ditadura de sua preferência.

Porque por muito que a maioria dos 200 mil na última manifestação de "trabalhadores" seja ingénua ou ignorante, quem tem dois dedos de testa sabe que se Jerónimo Sousa fosse 1º Ministro nunca haveria uma manifestação contra o Governo.  Não  porque o Governo fosse excelente, mas porque a polícia política o seria. Exemplos não faltam nos "paraísos" e ex-"paraísos" comunistas.

Por isso assuma-se e referende-se se Portugal deve sair da UE. E se vencer o "Portugal deve sair da UE", saimos. E os que o defendem a saída da UE que sejam responsabilizados até ao limite (e cada um defina o limite) pelas consequências dessa decisão, dessa irresponsabilidade.

Que os portugueses que não querem ditaduras nem "iluminados" que os  "dirijam", não querem.


publicado por HomoEconomicus às 11:28
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

A bofetada de luva branca...

Por cá e por lá depois da...

A verdade dos factos

Facilitismos

O Tratado de Lisboa. O Te...

Racismos, xenofobias e ou...

Os combustíveis e a demag...

O Estado da Economia

Por cá e por lá, felizmen...

Justiça Desportiva

arquivos

Novembro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds